Regulamento do Campeonato Paranaense 2021

– PARTICIPANTE

Considera-se ATLETA FEDERADO, todo aquele que esteja de acordo com a regulamentação da FTMP e que participe dos eventos da Federação. Poderão participar dos Campeonatos organizados pela FTMP qualquer atleta, sempre que obrigatoriamente:

Faça sua inscrição na CBTM através de Clube, Associação, Entidade Esportiva, e que esteja com registro atualizado no Site da CBTM www.cbtm.com.br, até a data da inscrição do evento e devidamente aprovado pelo representante legal;

Inscreva-se junto a CBTM através de comunicação oficial da entidade a que pertence através do site www.cbtm.com.br;
Para os novos federados, preencher cadastro no site da CBTM, efetuar o pagamento da taxa de anuidade de atleta;

Todas as entidades, para sua participação, não poderão estar com débitos em atraso;

Não serão aceitas outras formas de inscrição;

As inscrições para as etapas do ranking estadual deverão ser realizados pelos clubes por meio de login no site da CBTM;

Esteja de acordo com a regulamentação da FTMP e CBTM, no caso de transferência ou mudança de clube;

Esteja de acordo com a legislação vigente;

Esteja devidamente uniformizado de acordo com o item “c” do Artigo V – “DOS MATERIAIS”, constantes deste regulamento;

Faça a sua transferência legalmente obedecendo o que determina a CBTM

(Confederação Brasileira de Tênis de Mesa).

– CREDENCIAL

– Somente poderão participar das reuniões da FTMP, representando clube/entidade, pessoas devidamente credenciadas por carta assinada pelo Presidente da entidade filiada, devendo a credencial ser renovada anualmente; Também deverá ser solicitado pelo presidente do clube através de oficio a solicitação de etapa do estadual na cidade. O oficio solicitando a etapa devera ser apresentada no inicio da assembleia em caráter ORIGINAL.

O clube/entidade será totalmente responsabilizado por qualquer ato assumido pela pessoa credenciada perante a FTMP;

  • DA ARBITRGEM

A FTMP, realiza a convocação da equipe de arbitragem, conforme necessidade. Para o ano corrente, além dos árbitros convocados, cada clube deverão indicar no mínimo 2 árbitros (que serão remunerados pela FTMP), para fim de completar o corpo.

– CAMPEONATOS

Os campeonatos a serem realizados durante o ano de 2021

serão os seguintes:

ETAPA

DATA

LOCAL

12/13 DE JUNHO

CLUBE YARA TOLEDO

24/25 DE JULHO

CLUBE NIKKEI CURITIBA

14/15 DE AGOSTO

AMTM – MARINGÁ

4/5 DE SETEMBRO

AMC – CASCAVEL

25/26 DE SETEMBRO

ASS. GUARAPUAVA

23/24 DE OUTUBRO

ATEMEL – LONDRINA

  • A cidade sede, tem o prazo de 45 dias antes do evento, para comunicar via oficio, a FTMP, da desistência de sediar a etapa. A desistência de sediar, deve ter convincente argumento, sob pena de suspensão de participação no sorteio da sede para o ano seguinte.

Decidido em AGO, a garantia de sede para o anos 2022, das cidades de: Campo Mourão, Guaíra, Marechal Candido Rondon e São José dos Pinhais.

Para a categoria ESPECIAL – A Misto, B Masculino e A Feminino, será cobrado taxa de inscrição no valor de R$ 60,00 por atleta. Para participar da categoria especial o atleta deverá participar de alguma categoria do ranking individual.

Para as categorias do ranking individual será cobrado uma taxa de R$ 70,00 por atleta.

Para o campeonato do ranking, se adotará a seguinte organização:

Iniciará no sábado e terá as categorias masculino e feminino do PRÉ MIRIM até JUVENTUDE e ainda a categoria ESPECIAL e BRONZE (Obs. as categorias de pre-mirim até mirim  terminarão no sábado, as demais categorias poderão terminar no domingo dependendo o nº de inscritos). No domingo as competições serão das categorias Absoluto até os veteranos.

As tabelas serão pré-estabelecidas nos cruzamentos da 2ª fase dirigidas;

As sedes deverão disponibilizar todos os itens do caderno de encargos, conforme anexo 1;

Todas as etapas, valerão pontos para o ranking da CBTM.

PREMIAÇÃO

1º a 6º medalhas para as categorias Bronze A, Bronze B, Bronze C, pré-mirim,

super-pre-mirim; mirim

1º a 3º medalhas para as demais categorias;

Obs.: São dois 3º lugares ( ex: 1º, 2º, 3º e 3º) pois não há disputa de 3º lugar nas competições individuais;

A abertura do evento será impreterivelmente as 8h00, no sábado;

Os jogos terão seu início às 8h30.

O campeonato será disputado nas seguintes categorias; Passivo de mudanças conforme decreto vigente no município ou estado.

CATEGORIAS

LIMITES DE IDADE

PRÉ – MIRIM

NACIDOS APÓS 2012

SUPER PRÉ MIRIM

NASCIDOS EM 2010 E 2011

MIRIM

NASCIDOS EM 2008 E 2009

INFANTIL

NASCIDOS EM 2007 E 2006

JUVENIL

NASCIDOS DE 2005 A 2002

JUVENTUDE

NASCIDOS EM 2001 E 2000

ABSOLUTO

IDADE LIVRE

SÊNIOR – V 3

NASCIDOS DE 1982 A 1991

LADY – V 3

NASCIDOS DE 1982 A 1991

VETERANO 40 – V 4

NASCIDOS DE 1972 A 1981

VETERANO 50 – V 5

NASCIDOS DE 1962 A 1971

VETERANO 60 – V 6

NASCIDOS DE 1952 A 1961

VETERANO 70 – V 7

NASCIDOS ANTES DE 1951

ESPECIAL

IDADE LIVRE

BRONZE A MASCULINO

IDADE LIVRE

BRONZE B MASCULINO

IDADE DO INFANTIL E JUVENIL

BRONZE C MASCULINO

IDADE DO MIRIM ABAIXO

BRONZE A FEMININO

IDADE LIVRE

BRONZE B FEMININO

NASCIDOS ATÉ 2006

  • OBS. Este ano tivemos uma mudança na categoria juvenil a partir de agora é de 16 a 19 anos.
  • O município quando for realizar sua etapa, caso tenho algum decreto seja ele Nacional, Estadual, Regional ou ainda Municipal que impeça a realização de categorias de faixas etárias, menores ou maiores, o mesmo deve acatar o decreto e ainda divulgar a situação em nota oficial juntamente com o convite do evento.

As disputas serão realizadas de acordo com a deliberação do Departamento Técnico, em função do número de participantes;

Quando não houver a categoria referente à inscrição, desde que possível, os inscritos serão alocados na categoria imediatamente superior (para as categorias Pré-mirim, Super-Pré-mirim, Mirim, Infantil, Juvenil e Juventude) ou anterior (para as categorias Sênior V3, Lady V3, Veterano V4 Masculino, Veterano V4 Feminino, Veterano V5 Masculino, Veterano V5 Feminino, Veterano V6 Masculino, Veterano 6 Feminino, Veterano V7 Masculino e Veterano V7 Feminino;

  • Para o ano 2021, o Campeonato Estadual, será disputado somete nas categorias individual.

Os atletas das categorias Absoluto, somente poderão jogar nesta categoria;

As chaves das competições serão elaboradas pelo Depto. Técnico.

Categoria ESPECIAL :

A categoria Especial será divido em Especial A e Especial B, onde os atletas das categorias individuais Pré-Mirim, Super-Pré-Mirim, Mirim, Infantil, Veterano V5, Veterano V6 e Veterano V7 disputarão a categoria Especial B e os atletas das categorias Juvenil, Juventude, Absoluto, Sênior V3, Lady V3, Veterano V4, disputarão a categoria Especial A. Atletas da categoria Especial B podem à sua escolha se inscrever na categoria Especial A não podendo participar das duas categorias na mesma etapa.

Cada clube poderá inscrever até 5 (cinco) atletas por clube, sendo que os clubes deverão organizar os atletas que poderão participar;

Só poderão ser inscritos na categoria ESPECIAL, os atletas que estiverem inscritos na etapa também em outra categoria;

A premiação da categoria ESPECIAL será no valor total arrecadado nas inscrições desta categoria, sendo distribuído na seguinte proporção: 50% para o Campeão, 25% para o Vice-Campeão e 12,5% para o terceiro e 12,5% para
o quarto colocado.

Categoria Bronze A, B, C

Os 4 atletas ranqueados nas categorias Bronze A e Bronze B Masculino do ano de 2019/2020, obrigatoriamente deverão jogar a categoria Bronze A ou
federar-se e jogar a categoria federado. Se o atleta já participou por 2 anos como Não Federado em qualquer categoria (A,B ou C), obrigatoriamente deverá ser federado na categoria correspondente a sua idade;
Os novos atletas da categoria Bronze, poderão jogar em qualquer categoria obedecendo a idade;
Poderão participar da categoria Bronze A, B e C atletas que estejam cadastrados na CBTM, que tenham pago a TRA, bronze.
Se o mesmo desejar participar das categorias de ranking, prata ou ouro deverá pagar a referida taxa da TRA, para mudar de categoria.

V- FORMAS DE DISPUTA:

Serão disputados jogos em melhor de 5 sets de 11 pontos;

Os jogos obedecerão as regras da FTMP/CBTM/ITTF;

Os campeonatos terão a forma de disputa elaborada pelo Departamento Técnico da FTMP, dependendo do número de participantes, e critério de cabeças de chaves seguindo o ranking da CBTM.

Poderão participar dos campeonatos, todos os atletas que estiverem legalmente atualizados com a FTMP e CBTM com o TRA/2021 devidamente quitada.

g) COMPETIÇÃO NA CATEGORIA ESPECIAL:

As competições na categoria Especial serão disputadas no sistema de eliminatória simples elaboradas pelo Departamento Técnico da FTMP;

– TABELA DE PONTOS DOS CAMPEONATOS:

A pontuação será determinada conforme regulamento CBTM:

– DOS MATERIAIS:

Mesas

Conforme Anexo 1;
As aprovadas pela FTMP, para as disputas dos Campeonatos Estaduais;

Bolas

Deverão ser utilizadas SOMENTE bolas de cor branca Plastic DHS 3 estrelas D40 +, aprovadas pela ITTF

Uniforme

Vestuário de jogo consiste de uma camiseta de manga curta, de calção ou bermuda, meias e tênis. Outras roupas como agasalhos, não podem ser usadas para jogar, salvo se permitido pelo árbitro geral. Será obrigatório o uso do uniforme da entidade com o nome do atleta ou tarja padronizada pela FTMP ( 25 cm de largura por 20 cm de altura) com o nome da entidade e nome do atleta escrito em letra de forma e legível. A camisa de jogo e o calção, serão de uma cor uniforme, podendo a camisa ter o colo, as mangas e listras a extensão da costura de cor diferente. Marca do fabricante e ou propaganda, na frente ou no lado, desde que não sobressalente ou brilhante, limitado em uma área total de 24 centímetros quadrados em cor branca.
O atleta deve estar usando a camiseta do clube, caso esta camiseta não tenha o seu nome, ele será obrigado a utilizar a tarja fornecida pela FTMP, mediante pagamento da taxa de R$ 10,00. Em caso do não cumprimento, o atleta será impedido de participar dos jogos. Na competição de equipes, nos jogos de duplas não haverá necessidade de utilizar uniformes iguais pelos dois atletas do clube, sendo obrigatório apenas estar de acordo com as normas acima estabelecidas. Para categoria não federados pode-se utilizar com a autorização da mesa diretoria a utilização de camiseta descaracteriza mas obrigatoriamente com utilização de tarjeta.

Raquetes

Estilo Clássico : As borrachas deverão ser de cores diferentes, de um lado, preto e do outro lado vermelho;

Estilo Caneta : A borracha pode ser de cor preta ou vermelha, sendo que o lado oposto deve estar manchado de vermelho ou preto, respectivamente, diferenciando-se as cores de um lado e outro;

Borrachas ou pinos sem a marca do fabricante ou sem a autorização da
I.T.T.F. não poderão ser utilizadas.

Borrachas ou pinos cortados em faixas de dois ou mais pedaços, não poderão ser utilizadas.

Com relação a utilização de “colas à base de solventes”, a FTMP adotará as mesmas normas determinadas pela CBTM.

– GERAL:

A realização da competição de uma categoria só será possível com um número mínimo de 2 atletas na competição individual, se tiver inscrito apenas 2 atletas, será realizado competição de melhor de 3 jogos;

Os horários de início dos jogos serão determinados pelo Departamento Técnico;

Os atletas que tiverem atitudes indisciplinares serão julgados pelo Tribunal de Justiça Desportiva da FTMP;

W.O.

O W.O. será caracterizado quando o jogador não comparecer na mesa de jogo após a última chamada do coordenador da mesa. A vitória por W.O. deverá ser declarada pela organização do evento.

A falta do jogador numa partida de uma competição, automaticamente elimina o jogador e cancela os pontos dos jogos já realizados, se for
caracterizado W.O. de um atleta, o mesmo será eliminado da categoria que estiver disputando
qualquer que seja a etapa em andamento. Podendo jogar outras categorias que estiver inscrito.

– CONVOCAÇÃO PARA SELEÇÃO PARANAENSE DE TODAS AS CATEGORIAS:

A convocação para a seleção Paranaense para a disputa do Campeonato Brasileiro obedecerá a classificação dos pontos obtidos nas etapas no ranking depois da 6ª etapa.
. A confirmação deverá ser enviada exclusivamente pelo email fedpr@cbtm.org.br dentro do prazo das convocações quando solicitadas e dispostas no site da ftmp.

Atletas que não puderem participar de alguma etapa durante o ano por estarem servindo a seleção brasileira de tênis de mesa, seja em treinamentos ou em competições, terão a pontuação desta através da média de pontos obtidos nas demais etapas no final da última etapa. O mesmo critério será utilizado quando da participação do atleta em competições oficiais de tênis de mesa. Não haverá convocação da categoria
ESPECIAL.

– RANKING

Objetivos:

Estabelecer critérios para a elaboração das posições de chaves nas Etapas do Ranking;

Indicar atletas para a Seleção Paranaense;

Condições:

Os cabeças de chaves da primeira etapa serão definidos pelo sistema da CBTM, conforme competições nacionais Copa Brasil e Brasileiro

Os atletas poderão pontuar somente na categoria em que participar . A pontuação é individual e nominal;

Os torneios do ranking serão obrigatoriamente dirigidas pelo Departamento Técnico da FTMP.

Critério de desempate no Ranking :

Será decidido pela melhor classificação obtida, durante as etapas do

ranking;

Persistindo o empate, será decidido pela melhor classificação na última etapa.

– INFORMAÇÕES GERAIS:

O ranking será aplicado em todas as categorias individuais;

Haverá 01 (um) tempo técnico de um minuto para cada partida, podendo ser solicitado pelo atleta ou por seu técnico;

A anuidade das entidades será de R$ 1.000,00 até a mês de MARÇO, R$ 1.050,00 até final de JUNHO e R$ 1.100,00 após…

OBS: Para os clubes que efetuaram o pagamento da ANUIDADE integral em 2020, pagará somente 50% do valor integral da anuidade do ano 2021.

Dos valores cobrados pela inscrição será rateado da seguinte forma: 40% para a entidade e 60% para a FTMP;

A entidade patrocinadora será responsável pela premiação da etapa;
Os valores da transferência seguem as normas estabelecidas: Pré-mirim até juvenil, V 4, V 5, V6 e V7 : R$ 150,00;
Juventude, Absoluto, Sênior V3 e Lady : R$ 350,00;

Para efetivar a transferência do atleta o clube deverá apresentar a federação uma carta de liberação do clube de saída e efetuar o pagamento da taxa de transferência;

Se o atleta fazer a transferência no mesmo ano que tenha participado de algum evento oficial da Cbtm ou da Ftmp, não poderá atuar no decorrer desse ano, em outro clube;

Será cobrado taxa de transferência interestadual com os mesmos valores acima, na saída como na entrada de atletas.

– Será realizado um questionário elaborado pela FTMP como avaliação de cada etapa. O questionário será respondido por cada clube participante. Caso os clubes não respondam todos os questionários será impedido de participar do sorteio para realização da etapa no ano seguinte.
No ano seguinte será passado para os clubes na Assembleia anual o resultado. Se nesta avaliação não estiver atingido a pontuação mínima de 60 pontos, a entidade será penalizada com impedimento do sorteio das etapas do ano seguinte. Para as questões de mesas, e alimentação a pontuação será dobrada.
Sendo assim, com os critérios estabelecidos para realização das etapas, o clube ficará sem realizar etapa por dois anos, podendo sediar novamente após avaliação da FTMP;
O resultado da avaliação e as punições necessárias serão definidos pela federação e pelos clubes participantes da assembleia anual no início do ano;

– TRA ESTADUAL ANUAL DE ATLETAS, ÁRBITROS E TÉCNICOS;

  • Será agregada a TRA estadual a TRA nacional cobrada pela CBTM. O valor da TRA  estadual será de R$ 30,00.

DA RESPONSABILIDADE POR DANOS E AUTORIZAÇÃO DE DIVULGAÇÃO

O atleta e técnico que participar dos eventos organizados pela FTMP isenta a entidade e seus organizadores de qualquer responsabilidade por danos eventualmente causados no decorrer da viagem ida e volta e na competição.

O atleta e técnico que participar dos eventos organizados pela FTMP declara estar em pleno gozo de saúde e em condições físicas de participar do Evento, não apresentando cardiopatias genéticas, congênitas ou infecciosas, viroses, ou qualquer outra doença, patologia ou distúrbio de saúde que implique em qualquer tipo de impedimento ou restrição à prática de exercícios físicos, atividades físicas e esportivas, e realizará, no período de pré-participação nesse Evento, por própria conta e risco, avaliação clínica que atesta as condições apresentadas.

O atleta e técnico que participar dos eventos organizados pela FTMP autoriza em caráter universal, gratuito, irrevogável, irretratável e exclusivo, a FTMP – Federação de Tênis de Mesa do Paraná, ou terceiros por estes devidamente autorizados, a título universal, o direito de usar o nome, voz, imagem, material biográfico, declarações, gravações, entrevistas e endossos dados pelo participante citado ou a ele atribuíveis, bem como de usar sons e/ou imagens do evento, seja durante as competições, seja durante os aquecimentos, os treinamentos, a hospedagem, o transporte ou alimentação em qualquer suporte existente ou que venha a ser criado, a serem captados pela TV para transmissão, exibição e reexibição, no todo, em extratos, trechos ou partes, ao vivo ou não, sem limitação de tempo ou de número de vezes.

Anexo1

CADERNO DE ENCARGOS PARA SEDIAR ETAPAS DA FTMP

20 mesas de mínimo 25 mm, com cadeiras e mesas para arbitragem.

Ginásio: iluminação, limpeza, estrutura, lanchonete.

30 mesas para placar, 30 cadeiras para arbitragem e coordenação.

Mesa de controle com 2 microfones, 5 cadeiras.

25 pranchetas, 25 canetas.

Premiação, conforme o regulamento e categorias.

ANEXO  2

CRITÉRIOS PARA ESTABELECER ETAPAS DO CAMPEONATO PARANAENSE

Critérios estabelecidos no anexo 1 desse regulamento;

O clube que no ano anterior pleiteou uma etapa mas ficou fora por sorteio, terá prioridade no ano seguinte e não precisa participar do rodízio;

Se o número de clubes ultrapassar a quantidade possível de etapas durante o ano e não tiver consenso entre os clubes será realizado sorteio para a definição das etapas;

Débitos com a FTMP no ano anterior;

Ter participado dos últimos 2 anos de todas as etapas da FTMP.

“ A DIRETORIA DA FTMP RESERVA O DIREITO PARA SOLUCIONAR SOBERANAMENTE QUAISQUER ASSUNTOS OMISSOS OU PROBLEMAS TÉCNICOS NÃO PREVISTOS NESTE REGULAMENTO”.

Este regulamento foi aprovado em Assembléia Geral Ordinária on line devido a pandemia do Covid 19 no dia 07/02/2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *